segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Eu me lembrei. Domingo, eu me lembrei mesmo. Me lembrei o que é sentir ciúme. O que é querer deitar e nunca mais se levantar da cama e se sentir completamente deprimida por causa de detalhes idiotinhas.

Eu me lembrei, vagamente, como é se apaixonar. Como é escolher a roupa que vai usar em algum almoço idiota 2 semanas antes. Experimentar o guarda roupa inteiro e sentir que nada está bom o bastante.

Domingo eu senti que enfiaram uma chave de fenda no meu coração. Eu não sei pq eu cismei que é uma chave de fenda, mas é e acabou. O coração é MEU.

Eu ODEIO descobrir que eu esteja talvez me apaixonando por alguém. Me faz querer me desapaixonar imediatamente. Eu odeio me apaixonar com todas as forças. Quando estou tranquila, sinto falta de gostar de alguém. Qdo começo a gostar de alguém, quero fugir o mais rápido possível, pro mais longe possível. E qto mais eu evito o ser em questão, mais ele vem falar comigo, me cutucar e ser legal.

Domingo eu me senti like crap. Só pq ele foi embora mais cedo do churrasco. Assim... ele foi embora. Do nada. Ele estava de carona COMIGO e foi embora COM OUTRA PESSOA. Culpa do César que o chamou pra assistir o jogo. Tá, eu já sabia q ia passar jogo. Eu sei q ele queria assistir. Odiei futebol esse dia. Odiei ele. Me odiei por odiar tudo isso. Me odiei por descobrir q pronto, já era, isso está me afetando de alguma forma.

Odeio ser vulnerável.

Acho que eu sou a apaixonada mais mau-humorzão do mundo. E, ao mesmo tempo, eu estou feliz por estar irritada. Parece que finalmente aconteceu de novo. E se eu sair dessa de coração partido, eu nem ligo. Às vezes é bom só por descobrir que ainda funciona, sabe? Eu ainda sei me apaixonar. Eu ainda sei sentir ciúme.

Senti saudades de me sentir uma bosta só pq eu não tenho o bastante de alguém.

(Bu, eu só vi seu depoimento hoje, juro q vou responder! Love u)

Um comentário:

Bu disse...

Uia, que susto que eu levei quando li "bu" no final! Pensei: pronto, estou delirando agora! haha

Quero saber os updates dessa história!