sábado, 14 de abril de 2012

Working my *ss off

85 páginas de tradução técnica sobre calibração de pneus em 3 dias.

85 páginas.


Eu não sei o que eu estava pensando quando aceitei.

(Ah, lembrei no que eu estava pensando: no dinheiro, claro.)

O duro é que eu só vou receber daqui a uns 60 dias porque, aparentemente, é um pagador lerdo (mas pelo menos paga).

E se eu entregar em 3 dias, semana que vem tem mais.

Eu sou ambiciosa. Eu quero mais. Com esse dinheiro, eu vou comprar a cabeceira da minha cama e dois criados mudos e duas jaquetas de couro - uma pra mim, uma de moto pro marido.

Se vier mais, aí eu vou comprar dois adesivos LINDOS pra parede do meu quarto, um aparador, um espelho e um quadro para a sala.

O melhor é que eu vou parcelar as compras e colocar o dinheiro total delas na poupança.

Aí é como uma poupança "financiada". Dizem que é o certo. Toda vez que você for comprar algo parcelado, primeiro você coloca aquele valor total na poupança. Eu sempre pensei: "Mas aí, eu nunca vou comprar nada... Se eu tivesse o dinheiro à vista, eu não precisaria comprar parcelado."

Agora, recebendo esse dinheiro extra de tradução, eu entendo que a lógica é outra (pelo menos, pra mim faz mais sentido assim): Toda vez que você tiver um dinheiro à vista pra comprar algo, coloque todo o dinheiro na poupança e compre a tal coisa parcelado.

O valor rende na poupança e se você ficar apertado, tem um dinheiro pra onde recorrer. Se não ficar apertado, ganha em dobro.

Vamos ver que tanto isso dá certo! rs...


Um comentário:

Jess disse...

sei bem como é! além do meu estágio e da faculdade, de vez em quando aparecem projetos para desenhar no computador (faço arquitetura), acabo aceitando e enlouquecendo nos fim de semana! mas a recompensa é sempre muito boa! beijos.